Site de Poesias

Menu

O rio e o tempo

 

 

 

O rio e o tempo

Com vento ou sem vento

Seguem caminhando

E vão conversando

Partem decididos 

Não voltam jamais

 

Parceiros na vida

Costuram o destino

Retendo ou tecendo 

Os sonhos de menino

 

O rio e o tempo 

Inventam a dança 

Um que não se vê

O outro, corrente

E, juntos, navegam

Na vida da gente

 

Parceiros na Vida 

Costuram o destino 

Retendo ou tecendo

Os sonhos de menino

 

O rio e o tempo

Decididamente

São dois confidentes

Abrigam segredos

Constroem amores 

E seguem em frente

 

Parceiros na Vida

Costuram o destino

Retendo ou tecendo

Os sonhos de menino

Compartilhar
Silvestre Sobrinho
18/02/2017

  • 1 comentário
  • 68 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados