Site de Poesias

Menu

A cor do tempo


Tempo que abriga quase um segundo...

transformando a vida que, num desenlace, desfaz ou recria

 

Tempo que não contempla "idas com vindas"...  

e sem esperar, sem engrenar, vai... e nos desafia

 

Tempo de dor, tempo de amor...

e a saudade tem sua cor... a cor do tempo

 

Tempo que em nós se faz duradouro ou fugaz...

e que em si abriga o dom da esperança no instante em que se inicia

 

Tempo de espanto, que estanca o pranto...

e nele toda a lágrima também se esvai, em forma de doce alegria

 

Tempo de dor, tempo de amor...

e a saudade tem sua cor... a cor do tempo

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar
Silvestre Sobrinho
07/02/2017

  • 0 comentários
  • 38 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados