Site de Poesias

Menu

De esguelha

Vejo-te passar
Que sorriso ao andar
Disfarço o olhar
Olhar de esguelha
Para ninguém
Nem eu
Notar
Disfarces mil
Não sei mais...
O corpo só quer
Novamente
E novamente
Encontrar-te
Em um sonho
Andarmos juntos
Com mãos dadas
Nessa corda bamba
De todos os dias
E se você cair
Estarei ali
Para te segurar
Ou
Cairmos juntos
E quem sabe
Juntos
Flutuar

Compartilhar

para você, nunca vi sorriso mais lindo Botucatu - São Paulo

Marcela Hebeler Barbosa
06/02/2017

  • 0 comentários
  • 42 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados