Site de Poesias

Menu

Comunidades

 
Converto palavras em obras
e com unhas e dentes
circulo por entre os malfeitores.
Caminho por vias, vielas e nos degraus da capela
eu me junto aos menos favorecidos .
Ouço um sermão da montanha,
bem lá no centro sombrio da favela ,
mas a fome é tamanha que nos deixam aturdidos.
Nada peço para mim porque o que possuo
me da para o gasto, outros muitos são como gado no pasto
só esperando o dia de ser abatido.
 



J.A.Botacini.

Compartilhar
Jose Aparecido Botacini
06/02/2017

  • 2 comentários
  • 35 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados