Site de Poesias

Menu

Mundo Enganador!

Mundo Enganador!
 

Tratar-te-ão um dia,
Do jeito que tu me trata
Dirás que é covardia
Que são pessoas ingratas
 
São efeitos providentes,
Nas mazelas existentes,
Esses males que tu receias
Corre em teu sangue, nas veias.
 
Na vida a sorte é tirada
A cada um, sua cartada,
Quem traições e ódios sonha
Tem cruz pesada e medonha.
 
O coração não se alenta,
Se de raiva se alimenta,
Quem destrói felicidade
Só pode colher falsidade.
 
Todo mal que tenhas feito
Reverterá em teu proveito,
Na tua adversidade
Tu vences pela maldade,
 
Abraçada à fantasia
Perdeste a paz e a alegria.
Tempo, que é tempo, não cansa,
Nem com a morte descansa !
 
São Paulo 20/01/2017 (data da criação)        
Armando A. C. Garcia

 
Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://criancaspoesias.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com   
   
Direitos autorais registrados

 
Mantenha a autoria do poema

Compartilhar
ARMANDO A. C. GARCIA
20/01/2017

  • 0 comentários
  • 21 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados