Site de Poesias

Menu

QUE SEJA PELA ETERNIDADE SE POSSÍVEL FOR.

Um som no volume máximo
E a multidão cantando
Não ofuscava a mulher que próxima
A mim eu via no salão dançando
 
Seu vestido branco esvoaçando
Deixava ver o belo corpo que tinha.
E como ela valsava, e eu encantado
Cheguei a pensar que ela era minha
 
Senti-me no limiar da loucura,
Um frenesi tomou conta mim
Embebedava-me dela a doçura,
O meu ego estava a fim.
 
E chegou um momento real,
Que em meus braços rodopiei com ela
E o Cupido ardiloso sem igual
Uniu dois corações o meu e o dela
 
Passaram-se os anos,
Não para nós embriagados de amor.
E se em vida não tivemos desengano,

 
Que seja pela eternidade se possível for

Compartilhar

Certo estou de que o amor é a essência da vida. Fora do amor está paixão e amar. O primeiro superado instante é fogo de palha seca muita labareda e pouca fumaça, a seguir o segundo é um sentimento passageiro, carregado de emoções, de fantasias que vividas e em muitos casos nem deixa saudades.O amor é incondicional, é pela eternidade.Amor não faz feridas, é de todos,não se vende, se dá! Não se faz amor, dá-se amor! Em casa vivendo o meu ocaso.

ubirajara Fernandes
09/01/2017