Site de Poesias

Menu

Meu querer

"Meu querer"

 

Queria eu ser artista,

Olhar  a vida de forma diferente,

Ser palhaço, equilibrista, malabarista

Ser mais gente;

 

Queria eu ser poeta,

Escritor, trovador 

Ter o coração voador

Enxergar as injustiças dessa vida

Sem rancor;

 

Queria eu ser soberano,

Ser feliz com apenas um teto

E um pedaço de pano,

Ser louco,

Poder ter de tudo

E querer tão pouco;

 

Queria eu estar perto de Deus,

Ser puro, amar ao meu próximo

Como se fosse eu,

Ser pequeno sem deixar de ser grande,

Ser pequeno como criança em minha grandeza,

Ser feliz em minha tristeza,

Viajar pelo mundo sem dizer adeus,

Queria eu ser como meu amigo Tadeu...

De Freitas! 

 

Autor: André Xavier 

 

Minha singela homenagem a um dos seres humanos mais bonitos que já conheci.

Sua leveza e sua alma tem a transparência do amor de uma criança.

És leve, és artista em sua mais pura essência.

 

Tadeu de Freitas

 

 

Compartilhar
André Xavier
17/12/2016

  • 0 comentários
  • 11 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados