Site de Poesias

Menu

Pai Amado!

 
 
 
Sou aquele filho que precisa de atenção especial
Tenho dificuldades no aprendizado da vida
Mas tenho um Pai atencioso
O mais carinhoso e generoso do universo
O próprio Criador
 
Fui chamado a falar de Ti
Fui tocado a escrever sobre Ti
Fui levado a cantar e tocar sobre Ti
 
O meu Pai me ensina com ternura
E me corrige com sabedoria
Fazendo-me lembrar de que sem Ele
Pó sou, mesmo que me considere ...
 
Perguntei-me tantas vezes
Os motivos que levaram
O meu coração a sofrer tanto
Pelas tristezas de muitos
E Ele me lembrou das ocasiões
Em que pedi, de joelhos
Para que o Seu amor
Crescesse em meu coração...
 
E quando eu declarei a Ele
Que a única maneira que eu tinha
De demonstrar-Lhe o meu amor
Era em choro forte?
Ele apertou o meu coração com carinho
E disse dentro do meu peito:
“Esse amor que você diz ter por mim, é o meu amor
Que eu coloquei no teu coração, para que você
Possa me amar, em meu próprio amor”
Esse é o meu Pai,
Que me chamou desde sempre de seu filho
De seu amado e escolhido filho
Que o Seu Filho me chamou de filho
Que o Seu Espírito me chamou de filho
 
Esse é o meu amado Pai!
 

 
Juarez Florintino Dias Filho
 
 

Compartilhar
Juarez Florintino Dias Filho
13/11/2016

  • 1 comentário
  • 76 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados