Site de Poesias

Menu

Desamor

Não consigo esquecer há tanto tempo
Que meu coração, penso, perdeu o destino
Às vezes acho que o amor pode ser cretino
Mesmo sabendo que não há cabimento
 
Mas entre nós amor e ódio fez cruzamento
E o que era para ser tão superdivino
Agora parece ser meu maior assassino
Porque na minha alma fez seu aposento
 
Mesmo querendo fugir de tamanha dor
A alma parece não encontrar saída
Parece que conheceu o tal desamor
 
E é como conhecer vontade suicída
O sol tão distante parece se pôr

 
Mas a lua no céu parece perdida.
 
website: www.marcusviniciusart.wix.com/marcusvinicius
facebook: Marcusvinicius Anhanguera

Compartilhar
Marcusvinicius
30/09/2016