Site de Poesias

Menu

O vento entrando pelos olhos

O vento entra pelos meus olhos
Envolvendo – os  
Circulando – os
Girando – os
E eu vejo várias árvores de flores amarelas
Acho que deve ser a época
É primavera
Ou alguém que gostava muito de amarelo
Plantou pelo caminho que passo todos os dias
Essas árvores amarelas
Já é primavera?!
Penso eu sacolejando no trem
Com tantas conversas ao pé do ouvido
Meu olhar quer pegar tudo que vai pela janela
Mas tudo me ensurdece
Esqueço o ritmo
Esqueço a rima
Esqueço a poesia
E fico em riste
E me torno triste 

Compartilhar

Botucatu - São Paulo

Marcela Hebeler Barbosa
08/09/2016

  • 0 comentários
  • 60 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados