Site de Poesias

Menu

Contentamento

…Mas o que me dá contentamento,
Nestas longas horas claras,
Que esvaem nas noites acesas,
É te ter em meus pensamentos,
É sentir a delicadeza de tua tez alva
É me encantar com tua beleza.
 
Na verdade, consolo é ter a certeza
De que amanhã será outro dia
E de que cada dia reduz o tempo
Que te separa de mim.
 
Quiçá seja por isso a beleza
Estampada em minh’alma, e a euforia
A colorir a proximidade do momento
Da sintonia entre nosso reencontro e sim.
 
A alegria a embalar nossos sentimentos,
Pra quando a distância chegar ao fim.

Compartilhar
Cid Rodrigues Rubelita
31/08/2016