Site de Poesias

Menu

FILHAS

ESCREVER

NÃO QUE EU QUEIRA OU GOSTE

MAS SÃO AS PALAVRAS INQUIETANTES

QUE VIVEM A AZUCRINAR DE DENTRO PARA FORA

E QUEREM TOMAR FORMA

TENTO

FUJO

DESPISTO-AS

MAS VOLTA E MEIA

ESTÃO LÁ GRITANDO

MESMO NO SILÊNCIO A ME PERTURBAR

E AÍ TOMAM VIDA

SAEM E GANHAM O MUNDO

ÊTA DANADAS ESTAS PALAVRAS

TANTO FAZEM QUE GANHAM VIDA PRÓPRIA.

Compartilhar

Quando escrevo as palavras vão surgindo. Estas danadas saem e eu fico a merce delas. Ao mesmo tempo que sou seu pai, acabo ficando seu filho, pois ganham o mundo e nem se despedem. Em suas formas encontro meu eu, ganho e perco, pois saem e não voltam mais. São Joaquim de Bicas- Minas Gerais

Onivid ed Ortsac Saiuqalam
21/06/2016