Site de Poesias

Menu

SENHOR DA CRIAÇÃO

Gotas de bem-fazer,
É semente de fraternidade,
E onde há bem-querer
O amor existe de verdade
 
Lágrimas acontecem,
Quando o sentimento é profundo
Momentos em que corações se enternecem
E se fosse sempre haveria paz no mundo.
 
Como nós irmãos não aceitamos a igualdade...
Porque pomos barreiras em nossa jornada...
Porquê? Porque optamos pela iniquidade,
Criando um tesouro de culpas acumuladas
 
Quem é o dono da verdade...
A quem devo obediência e satisfação...
A quem devo recorrer na hora da necessidade...
Quem estará comigo quando da solidão...
 
Nomeá-lo estaria eu incorrendo em erro
Por isso eu creio no Senhor da criação,
E nos meus momentos de desespero

É a Ele que peço que me estenda a sua mão.

Compartilhar

São tantas as vertentes religiosa o que nos leva à dispersão
















































































São tantas vertentes religiosas que nos levam à dispersão.! Os muitos conhecedores da verdade que a cada dia vai
passando, desagregam a família humana fazendo um desserviço, daí o que vemos ou sabemos é do resultado hediondo por tal razão. Em casa cheio de dúvidas

ubirajara Fernandes
09/05/2016