Site de Poesias

Menu

PANEGÍRICO À MULHER

Ser perfeito, de completude beleza!
Arquétipo divino, de esmero glamour.
Beleza única,  vaticínio dos deuses,
Metáfora aparente, de invulgar, oconcour.
 
Ser olente de lenitivo unguento.
Escultura estética que inspira paixão!
Fêmea sedosa de sinuosas curvas;
De andar melífero, e deliberada sedução.
 
Corpo esbelto de assaz escultura,
De formoso desvelo em seu caminhar...
Ao mundo ofertas  tua venustidade.
 
De femínea volúpia e prurir no amar.
Ser esplêndido de eminente  perfeição...
Jamais desviarei de ti, o meu olhar!
 

 
Autor: Jeovam A. dos Santos

Compartilhar

Um apodítico ao ser mais perfeito e sublime feito pelo criador: a mulher! Elas são elas em qualquer lugar, de qualquer jeito, em cima do salto, vestidas ou nuas. Entre quatro paredes, ou no meio das ruas. São lindas, são divas, são deusas.

Prado, Bahia, Brazil. Prado, Bahia, Brazil 13/04/2016

Jeovan A. dos Santos
13/04/2016