Site de Poesias

Menu

Tempestade

                         Melodia nunca cantada por cantores
               Numa madrugada de morte escura
               Tu sempre serás minha vida futura
               Onde nos sonhos nascem somente flores
 
               Continuarei morrendo de amores
               Por ti e por tua senhora alma pura
               Que pras chagas do coração és a cura
               E  pro arco-íris do céu és as cores
 
               A graça verdadeira da natureza
               O motivo do sol nascente no giro,
               O destino venturoso da tristeza
 
               Quando a manhã ilumina o retiro,
               Trazendo nos ares uma única certeza:
               Se tempestade cai, é de mim, esse suspiro.
 
Visite meu website: www.marcusviniciusart.wix.com/marcusvinicius
Tem livros publicados, pensamentos filosóficos, sonetos, pinturas digitais, músicas instrumentais, atualidades 2016.

 
 

Compartilhar
Marcusvinicius
10/04/2016