Site de Poesias

Menu

DESCOBRIMENTO


Uma mulher caminha pela rua
lenta, como as horas da tarde
atenta, como os passarinhos
secreta, como os pensamentos lascivos
pouco se sabe dela
além do tamanho dos seios e dos quadris
que é altiva: economista?
elegante: feminista?
concentrada: egoísta?
será afável, carinhosa,
compreensiva, amorosa?
ou é cismada, ciumenta,
mimada, birrenta?
poderia ser
dócil, obediente
dúctil, complacente
consigo exigente
ou tudo isto, minha
e nada mais
 

Compartilhar

Visitem-me também em:

www.sergionespoli.recantodasletras.com.br

Grato!!!

sergio néspoli
02/02/2016