Site de Poesias

Menu

A PORTA

Quando a porta se abriu
Não entrou quem eu esperava,
O meu mundo ruiu,
Debaixo dos meus pés, o chão escapava.
 
Eu esperava ver entrar uma emoção,
Que me faria muito feliz!
É por quem pulsa meu coração,
É o meu tudo, é a minha raiz.
 
Entretanto, uma porta entre nós se interpôs!
Uma navalha, que cortou meu fio de esperança.
Um obstáculo, que fez tudo ficar para depois,
Nunca pensei, que uma porta, fizesse tanta diferença.
 
O que faço eu, para reconstruir meu mundo?
Você não veio, como fico agora?
A porta, não é um abismo profundo!
É só uma porta que se abriu em má hora!  

 
 

Compartilhar

Esperar muito da vida é não saber que vida é imprevisível e nos surpreende dia a dia. Não tem hora marcada, nem dia determinado para que sejas surpreendido, não, simplesmente acontece! Tortuosos são seus caminhos, obstáculos nos esperam e são exatamente o que merecemos,

ubirajara Fernandes
15/01/2016