Site de Poesias

Menu

Atriz

              Te espero quando a noite desaba
          E te esqueço quando o dia alvorece
          Talvez eu seja de alguma espécie
          Que não acredita em santa nem diaba
 
          Seus olhos brilham um azul que gaba
          De um sonho color que ninguém merece
          Se merecesse poderia fazer prece
          Pela própria vida pois esta acaba
 
          Quando busco aqueles olhos vingativos
          Antes tão puros até perder a paixão
          Para aqueles virtuosos e ativos
 
          Que a colocaram triste no rés-do-chão
          Agora ela tem milhares d`adjetivos
          E nenhum deles parece com coração.
 
   Visite meu website: www.marcusviniciusart.wix.com/marcusvinicius
   Tem livros publicados, pensamentos filosóficos, pinturas digitais, sonetos, músicas instrumentais, atualidades.

 
 

Compartilhar
Marcusvinicius
09/11/2015