Site de Poesias

Menu

Espinho de Mandacaru


 


Fui árvore em meio a caatinga,


Fui barreiro no sertão,


Restinga na maré baixa,


Vela pro teu serão.


 


Rede pro teu descanso,


Brisa pro teu calor,


Incentivo pro teu avanço,


Unguento pra tua dor.


 


Flor de cardeiro,


Sombra de juazeiro,


Gás pro teu candeeiro,


Vida pra tua morte.


 


Cheiro de alecrim,


Canto de passarinho,


Sorte,


Ninho.


 


 Enfim,


 Pra mim


Que foste tu?


 


-Espinho de mandacaru...

Compartilhar
Nair Damasceno
27/09/2015

  • 5 comentários
  • 103 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados