Site de Poesias

Menu

Me faça feliz...

Não existe a medida certa
Não se mede felicidade
Não crio expectativa
Já passei da idade
Deixo acontecer...
O tempo me disse
Que eu poderia ser feliz sem amar, mas
que eu poderia ser muito mais feliz amando
Me ame
Me faça feliz...
Certa vez me olhaste
Lembra-se?
Disse que aquele olhar poderia ser meu
E descobri que seus olhos eram os meus
Porque viste por meus olhos
O que eu tinha de melhor
A vontade de ser feliz...
Aquele olhar me disse
Que eu poderia ser feliz sem amar, mas
que eu poderia ser muito mais feliz  TE AMANDO...
Me ame

Me faça feliz...

Compartilhar
Eduardo Vieira
16/09/2015

  • 1 comentário
  • 214 visualizações neste mês
  • sob licença creative commons
    Você pode distribuir este poema, desde que:
    • Atribua créditos ao seu autor
    • Não use-o comercialmente
    • Distribua-o sob essa mesma licença