Site de Poesias

Menu

ÉS UM HOMEM!

(Soneto com título no final)

Chamo-te de “canelinha de fubá".
No futuro "canelinha de feijão"...
Falas carinhosas do meu Coração,
Que brincando, assim para ti dirá:

Como meu avô falava para mim,
Num distante passado: Tu Serás
Íntegro de caráter , e muito mais...
Um Canelinha forte de feijão sim!

Inteligente, sagaz, bem humorado
Sereno nas vitórias e nos fracassos
Capaz de retornar sobre os passos
Do caminho da derrota e denodado

Vencer!E o vovô onde estiver dirá:
És mais que um canelinha de fubá:


ÉS UM HOMEM!

 

 
Pedro Paulo da Gama Bentes-2015/09/07

Compartilhar
Pedro Paulo da Gama Bentes
07/09/2015

  • 0 comentários
  • 90 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados