Site de Poesias

Menu

DEVANEIO

 

 
 
Letras ondulam sob meu olhar borrado.
Lágrimas que ainda não rolaram
Formam fino véu entre as letras e minhas retinas,
Fazendo-as tremular, como bailarinas.
 
Será que imensos olhos siderais, úmidas purpurinas,
Fazem piscar as estrelas como se elas dançassem?
Estariam os astros, como as letras serpentinas,
Sob a cascata de outras lágrimas fáceis?

 

 

 

Compartilhar
Lucilla Guedes
26/07/2015

  • 1 comentário
  • 97 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados