Site de Poesias

Menu

Perdida...

Atraiu-se por minhas palavras
Palavras misturadas
Provindas de sentimentos
Por você exaltadas...
Palavras descabidas
Versos confusos
Palavras repetidas
Em seu coração fui intruso...
Beijou-me com toda intenção
Descontrolou-se com o gosto do meu beijo
Tonteou-se como em meio a um furação
Sentiu-se perdida de tanta paixão...
Perdeu-se, perdeu-se
Sentiu-se perdida
Ofegante na respiração
Por um momento sentiu-se segura
Envolta a sensação
De um abraço...
Pouco tempo
Não era o momento
Para tanta segurança
Era só o começo
Era só esperança...
Perdeu-se, perdeu-se
Sentiu-se perdida
Como se encontrar
Se não pode me beijar
Ache-me
Beije-me

Encontrou-se...

Compartilhar
Eduardo Vieira
17/02/2015

  • 1 comentário
  • 198 visualizações neste mês
  • sob licença creative commons
    Você pode distribuir este poema, desde que:
    • Atribua créditos ao seu autor
    • Não use-o comercialmente
    • Distribua-o sob essa mesma licença