Site de Poesias

Menu

TEMPOS PASSADOS

O tempo passa, sem perceber,

cada minuto, sem sentir.

Assim é a vida, ao nascer.

Em pouco tempo, vamos perecer.

Temos saudades, dos bons tempos.

Da infância descuidada,

de uma mocidade, bem vivida,

de uma vida bem realizada.

Nem tudo é alegria.

Só eu sei, o que passei.

Mas sempre tem um dia,

que não esqueci e gostei.

Tenho saudades, das pessoas,

que passaram, nesta vida.

Na maioria, gente boa,

que fazem falta, ninguém duvida.

Não adianta chorar,

nem se lastimar.

Quanto tempo perdido

e talvez, mal aproveitado.

É melhor, pensar no presente.

Viver o dia-a-dia, contente.

Junto de amigos ou de parentes.

Para que a vida, fique transparente.

Compartilhar
José Luiz de Almeida (Zé Gaiola)
21/10/2014

  • 1 comentário
  • 232 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados