Site de Poesias

Menu

Esse homem ...

[Ilustração não carregada]

Ele passou dos quarenta
e minha coluna se arrepia 
ao toque da pele do seu rosto
- grossa -
entre marcas e linhas
pêlos e pontas de barba 
parecem romper um solo árido
mas sua boca ressecada
dança em ritmo
com o toque dos dedos aveludados
entre alguns fios brancos
há toda uma humanidade no tocar
há toda uma resiliência
toda uma vivência no se entregar
e há também uma conexão tranquila no olhar
o órgão que não se retesa mais somente
com aparências
mas com a química e toda essa ciência
que explica o deleite da maturidade
Quem é que experimenta e depois se importa com as idades?

Compartilhar

Obgd por me ler! Beijo gde! Sampa

Elisa Gasparini
18/07/2014

  • 7 comentários
  • 406 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados