Site de Poesias

Menu

EU, VOCÊ E A NOITE

[Ilustração não carregada]


É noite...Noite como todas as outras,
Talvez, para todos os outros,
Mas, especial para nós.
No céu, a lua tão bela e reluzente,
Cercada de estrelas cintilantes,
Vaga calmamente pelo espaço;
Percorre devagar o palco celeste,
Presenciando-nos unidos, abraçados,
Enamorados,
A contemplá-la com o carinho que ela merece.
Em seu aparente passeio sideral.

É noite...É a nossa noite,
Vivida sob a tranquila presença da lua.
Envolvente entre plantas e flores,
Com suas variadas cores.
Que destacam os ambientes;
Que realçam as paisagens.

Estamos juntos!
Estamos brindando o nosso amor constante
E o que nos importa nesse instante,
É o luar que nos 
conhece.
É o perfume, o aroma agradável,
Que exala da quadra florida,
Do terreno ajardinado.
É a felicidade que se sente
Em nossos corações apaixonados.

Sentamos aqui...
Sempre aqui nesse banco da praça
E eu...sabe, eu até acho graça,
De conseguirmos, nesse doce recanto,
Esse assento, esse banco só pra nós

Nas ruas próximas,
Os carros passam velozes e barulhentos,
Consumindo a paz que nos rodeia,
Mas, não levam os nossos sentimentos,
Porque esses correm em nossas veias.

É noite ainda...
Poucos passos pisam as calçadas
E muito amor jorra de nós.
É noite...e você tão linda,
Cola seus suaves lábios nos meus,
Ciente de que os beijos de hoje;
De que as carícias que trocamos nessa noite,
São testemunhos de um fiel entrelaçamento,
De um autêntico relacionamento
Que cada vez ganha mais força,
Para distanciar-nos da desunião que amedronta,
Para jamais ter que dizer adeus!

 

Compartilhar
Odair Rizzo
29/06/2014

  • 0 comentários
  • 101426 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados