Site de Poesias

Menu

DEBALDE O PROCURO

 

 

 

O SOL ESCORRE NO POENTE,

DEIXANDO NOS MEUS OLHOS,

UM DOCE RASTRO COR DE MEL.

A TARDE ADORMECE...

CHEGA A NOITE  E SE ACONCHEGA.

DEBALDE O PROCURO,

E EXAUSTA  ADORMEÇO.

SONHOS ME TRAZEM VOCÊ,

SEU CHEIRO,

O TOQUE MACIO DE SUAS MÃOS,

O GOSTO DOS SEUS BEIJOS.

AH! MAS COMO SÃO INCONSTANTES,

 OS SONHOS,

NUNCA ETERNIZAM BONS MOMENTOS.

LOGO SE VÃO.

SOLIDÃO BATE NA PORTA,

FINJO QUE NÃO OUÇO.

AO MEU LADO,

SÓ O VAZIO DE VOCÊ.

CHEGA A SAUDADE ,

 ME ABRAÇA,ME ENLAÇA,

E EM CONCHA ADORMECEMOS.

CORRO NOVAMENTE

ATRÁS DOS SONHOS MEUS.

NOS SONHOS,

HÁ SEMPRE A SENSAÇÃO

DE UM RECOMEÇO.

Compartilhar
Maria Isabel Sartorio Santos
20/06/2014

  • 3 comentários
  • 153 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados