Site de Poesias

Menu

CARTA DE AMOR À UMA EXCELENTE ESCRITORA...

Estava querendo responder a essas suas colocações antes, querida amiga, mas a internet, onde estou, é tão ineficaz que para classifica-la de ruim seria preciso melhorar dez vezes!
Bom eu não diria que os princípios dos quais comungo sejam, exatamente, religiosos...

Por exemplo: o Cristo, citando Hilel, afirmou que devemos fazer aos outros o que desejamos que esses nos façam (Mateus 7: 12) e resumiu nessa afirmação a essência dos escritos de Moisés e os dos Profetas!

Mas onde está a religiosidade nisso? Jesus está apenas dizendo: “- Hei! Seja humano! Sim, você é humano e também o é o seu irmão, portanto ame-o e permita ser amado por ele, pois quanto mais adeptos do amor você formar sua natureza retornará ao Plano Original, aquele plano onde a morte não existia de modo que humanos e animais não comiam restos de cadáveres (Gênesis 1: 29 e 30)”.

Você falou de “ética”...

Tenho um querido amigo que há anos vem pagando por um benefício concedido legalmente aos militares desde Deodoro; benefício esse que deixa um legado financeiro LEGAL e vitalício para suas filhas quando ele morrer.
Ele, que já paga há mais de 20 anos, me confidenciou:
“- Rhusso, eu me sinto mal com isso, pois não é Legal”! Eu respondi que é Legal sim, pois está previsto na Lei, mas não é ético!
Ao analisarmos melhor percebemos que a ética tem brechas gigantescas que endossam o “malcaratismo”, e, enfim, não pode servir de padrão para a humanidade, visto que é uma mãe corrupta que acaricia a cabeça da filha legalidade...

Você falou também de fé e esperança! Mas em quem ou em que? No ser humano? É fria! Fé e esperança em qualquer coisa palpável, que sempre é efêmera, é fé no transitório e, convenhamos que é pouco, não crê?

Meu perfil está inserido em mais de 130 Grupos abertos e no dobro disso, em Grupos fechados e secretos (as pessoas vão nos adicionando a esse Grupos e a gente não tem controle algum, apesar de meia dúzia terem me dito que adicionariam meu perfil antes de fazê-lo).

Raramente visito algum!

Mas lembro de um texto de certo Alceu Natali, ou algo parecido, no qual teci um comentário contendo sinceros elogios no tocante à qualidade e riqueza da escrita, mas lhe preveni quanto às zombarias explícitas à fé no Filho do Altíssimo e ele retrucou dizendo que era um homem de mais de sessenta anos e que já tinha lido mais de 2000 livros, de maneira que já não acreditava mais nessas ilusões de fé!

Penalizado, retruquei que 2000 livros eu havia lido antes dos 22 anos de idade e naquela altura da vida já havia percebido a repetição de ideias contraditórias com respeito à fé, de modo que sentia dentro em mim que 90% do que havia lido era desnecessário; que Egiptologia, Antropologia, Filosofia, Psicologia, Sociologia e outros temas que a humanidade bebe, cegamente, a largos sorvos possuíam maquiagem com evidência de sobejo e o original, ainda que deturpado, estava contido em 39 livros de conteúdo simples e que tinham partes generosas deles repetidos em outros 27 (apesar de inserções católico-romanas perigosas nesses 27).

Fazer o bem o que é? O certo a ser feito?
Sim! Mas eu diria que, mais que certo, fazer o bem é o natural do Plano Original e nada há de grandioso nisso, mas o mundo se vestiu de caos e vê o bem como piegas ou se é feito por pessoas, naturalmente corruptas, como um ato heroico! E não é!

Outras vidas? Oh! Sim. Eu li as centenas de tratados gregos a respeito, pois os egípcios eram “ralinhos” demais!

Aprofundei-me nos pentagonais e a matemática, seu excelente paradigma, os denunciou!
A dualidade em que se estriba a Nova Era encontrou, exatamente, na matemática, o ponto de ruptura consigo mesma e se mostrou mais dúbia que uma língua estática “falada” por um “homem de fé” que diz falar com seu Criador, mas ele, que fala, não faz ideia do está “não dizendo”, mas garante estar falando alguma coisa! Coitado!

Já leu acerca dos axiomas que sugerem a anti matéria, algo oposto à matéria?

Pois é! É qual corpo versus espírito!

A pobre matemática levou os grandes defensores da dualidade, limiar da doutrina das várias existências, ao desapontamento, pois a anti matéria, se unida à matéria destrói ambas!

Ou seja, se houvesse um espírito e esse habitasse em um receptáculo ambos seriam automaticamente aniquilados, portanto não há espírito independente de um corpo e isso não é Teoria, mas Lei inviolável, tal qual são as Leis da Termodinâmica ou da Biogênese e etc.

Por que os físicos nucleares não divulgam?

Imagina os maiores opositores da existência de D’us dizendo: “- Desculpe humanidade, mas nós erramos e D’us existe”!

No entanto as pistas foram deixadas! Sir Isaac Newton, o pai da Ciência moderna era cristão fervoroso e derrubou todas as teorias das vidas passadas e se pôs, mesmo tão ocupado, a escrever um livro “traduzindo” escatologicamente o Livro de Daniel e sua Revelação ou Apocalipse!

Uma terrível pedra no sapato do clero romano!

O minucioso estudo da anti matéria derrubou a mais remota probabilidade de universos paralelos ou diversos!

Então a incrédula Física imaginou um Éden com 1000 seres humanos. No caso de algum morrer (morte e Evolução não se coadunam) o mais correto seria esse número cair para 999 e, pior, não poderia haver nascimento, visto que a quantidade de energia do Cosmo nem aumenta nem diminui (leia acerca da Lei ou Princípio da Conservação da Energia expressa primeiro por J. R. Mayer e, depois, aperfeiçoada por Isaac Newton, vindo a ser matematicamente corroborada por todas as ramificações das Ciências exatas e humanas).

Essa Lei esbofeteia a frágil Teoria da Evolução e, para a tristeza e consternação da Ciência contemporânea, cede provas de sobejo de que o ato de conceber é um milagre, pois não existe outra palavra que o defina!
Embora todas as fases, desde ou mesmo antes do zigoto até a velhice, sejam observadas pela Ciência, a concepção em si não tem explicação a não ser pela existência de um Criador que inviabiliza um fôlego com vida própria e imortal, de maneira que os milênios de estudo de uma alma independente poderia simplesmente ser colocado numa fogueira, se não fosse poluir o ar e desonrar as árvores que morreram para conceder a celulose que receberia os zilhões de escritos a respeito e que demonstraram serem tão úteis quanto uma colher de sal no oceano...

Portanto se há mil a reencarnação só poderia gerar outros mil, mais nenhum!
"E, como aos homens está ordenado viverem e morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo," (Hebreus 9 : 27)

Quanto à Cabala...

Essa “ciência” fez não pouco mal ao povo judeu e “apenas” o afastou dAquele que fez e faz proezas inimagináveis, levando, a Cabala, muitos de nós à total ruína.

Mas quem a popularizou no mundo Ocidental? Madonna, Mick Jagger, Angélica, Luciano Huck...

O que essas pessoas têm em comum?

O que o sefirot representa de fato na vida dessas pessoas?

Procure o DVD Circus dos Rolling Stones e convidados: Lennon, Jethro Tull, etc.

Nele você encontrará o alvo da Cabala e seu verdadeiro originador, exatamente na época do início do Cristianismo, vindo a se espalhar de boca em boca e tendo seu ápice no Século XVI até ser redigido em livros como o Zohar!

Se a ética fosse a base ou paradigma para a paz, o amor e o respeito, imagine os difundidores da Cabala sendo modelos para quem deseja se envolver com essa trama evolucionista!

Querida, perdoe-me toda a franqueza...

Mas esse sou eu. Analítico, profundo, observador, estudante crônico, que aos 45 anos não professa Religião que não seja a da Verdade e a do Amor, única dualidade que realmente se equilibra, pois mal e bem se chocam, espírito livre e corpo se chocam, matéria e anti matéria se chocam, mas a Verdade e o Amor se coadunam e produzem a verdadeira harmonia que o Filho do Altíssimo veio ensinar e Seus discípulos O envergonham diuturnamente, infelizmente!

Ah! Essa é uma Carta de Amor para você! Beijo-te!

Ronaldo Rhusso

P.S.: Havia um céu profundo e a esperança,
qual dança esvanecida e já cansada,
achou de dar lugar à vã lembrança
e à vil humanidade restou nada...

https://www.facebook.com/notes/ronaldo-rhusso/carta-de-amor-a-uma-excelente-escritora/769257546417823

Compartilhar

Diamantina

RONALDO RHUSSO
19/04/2014